quarta-feira, 27 de março de 2013

Resumo do Êxodo - parte 12 - Construção do Tabernáculo e outras cositas más

Chegamos FINALMENTE ao último post sobre o Êxodos, galeres! \o/\o/\o/

Vamos recapitular o que aconteceu até agora porque depois desse resumo em 12 fucking partes vocês devem estar rodando rodando rodando:

 
Segurem na mão de Deus e venham comigo!

No final do Gênesis, os judeus tavam todos lá no Egito sendo escravizados por 400 anos. Galera levou muito a sério aquela história de crescer e multiplicar, então o faraó manda jogar no Nilo todo menino recém-nascido por uma questão de controle de natalidade - vai que eles decidem guerrear, né? Melhor prevenir do que remediar, etc.

Uma escrava judia tem a brilhante ideia de botar seu bebê em um cesto e jogá-lo rio abaixo, igual àquele episódio de pica-pau. O bebê magicamente sobrevive e é encontrado pela filha do faraó, que lhe dá o nome de Moisés e o adota.

Moisés é criado por sua mãe biológica a pedido da filha do faraó, portanto sabe de suas origens. Um belo dia ele vê um egípcio batendo em um hebreu, fica puto, o mata e o enterra na areia, e assim é obrigado a fugir pra Madiã, onde conhece a filha do sacerdote da cidade e se casa. Lá, ele também conhece outra pessoa muito especial que a gente já considera pacas ----> Deus, que por algum motivo decide aparecer em forma de arbusto em chamas.


O que é melhor do que aquela vez em que ele decidiu aparecer em forma de Alanis Morissette

Yahweh manda Moisés voltar para o Egito e guiar os judeus até Canaã, a terra prometida a Abraão onde jorra leite e mel. Para isso, Moisés e Araão, seu irmão bocó e porta-voz (lembrem-se que Moisés é gago), precisam convencer o faraó a libertar o povo. Só que Deus não está afim de ser bacana com os egípcios e por isso endurece o coração do rei, que não deixa os judeus partirem nem depois de tomar 10 pragas na cabeça.

Depois dessa putaria toda, o povo escolhido foge mas é perseguido pelo faraó e seu exército, e é então que rola uma das cenas bíblicas mais famosas evah:


O mar abriu no meio, véi!

Começa assim a peregrinação de Moisés e do povo escolhido pelo deserto em busca da terra prometida. Como o povo é cheio do mimimi, Deus os condena a vagar por 40 anos. Durante esse período, Moisés sobe ao Monte Sinai e recebe os 10 mandamentos + as leis mosaicas + ordens para a construção do tabernárculo e regras relacionadas ao culto divino.


And boogie we will, Deus... and boogie we will indeed

Enquanto Moisés conversa com Bowie, Araão, cuiuiu bagarái, cai na do povo e juntos eles forjam um bezerro de ouro e o idolatram. Deus fica puto e decide matar geral, mas conta até 10 e volta atrás. Moisés desce do Sinai viradíssimo no giraya, quebra as tábuas dos dez mandamentos e manda os levitas massacrarem mais de 3 mil bróder. Depois disso ele sobe ao monte novamente, pede perdão, recebe outras tábuas da lei e refaz a aliança com Deus.

O Êxodo acaba com o tema desse post: Moisés informando ao povo as ordens para a construção do tabernáculo e executando o projeto e por isso repetindo tudo o que Deus disse no alto do monte. É excruciante, é reduntante, é a parte mais chata da bíblia, é ***O*** erro e eu quero morrer.

 

Minha vontade é terminar esse post agora mesmo tacando um TL;DR, mas a culpa cristã não me deixa. Então bora lá, né? :/

O TABERNÁCULO - E OUTRAS COSITAS MÁS

Então que os judeus precisavam de um lugar para louvar Yahweh enquanto vagavam pelo deserto, e é óbeveo que o Senhor, que sofre de TOC feat. delírio de grandeza feat. narcisismo, não poderia admitir que seu culto rolasse em qualquer espelunca. Logo, ele manda o povo construir um puta de um palácio num grau de detalhe tão, mas tão absurdo que faz Dustin Hoffman em Rain Man parecer um cidadão comum e bem ajustado.


Estudos apontam que Deus se encaixa em todas as 374 doenças previstas pelo Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais

De todas as regras que Deus comunica a Moisés, as que dominam a maior parte do Êxodo tem nada a ver com essas bobagens de "Não matarás". Na real, Deus dedica só umas 2 páginas da bíblia ao decálogo e mais umas 5 às outras leis mosaicas. E quantas ele dedica ao templo e ao culto? Por volta de 19 páginas.

O Tabernáculo ou Tenda de Reunião é isso mesmo, uma tenda que pode ser transportada pelo deserto e que serve como casa de Deus e local de culto. Mas menina, nunca vi tenda tão requintada? Yahweh descreve tudo em minúcia, da arquitetura e mobília do lugar à composição do incenso sagrado, cortinas, estofos, candelabro, véus, manto, altar, oferendas, refeições dos sacerdotes, óleo de unção, perfumes sagrados, arca da aliança, bacia, átrio... Descreve até mesmo a roupa dos sacerdotes, estilizadas dos pés à cabeça, passando por colete, cinto, turbante, manto e OMBREIRAS.


O que explica os anos 80

Yahweh não só relata tudo em detalhes como depois MOISÉS REPETE TUDO PRO POVO. Caso não tenha ficado claro a discrepância de tempo dedicado as leis morais de uma nação vs.o MTV Cribs Mariah Carey que rola nessa parte do Êxodo, eu desenhei pra vocês:



Não matarás, não roubarás, e mais importante: esse cinto tá DI-VI-NO

A coisa é tão intrincada que só consigo explicar na base do recurso visual:


Planta do tabernáculo


Tanta frescura e nem pra botar uma piscina...

Para sentir o nego drama, vocês podem assistir 01 minutinho (NÃO VEJAM MAIS DO QUE ISSO SAVE YOURSELVES) desse video, que simula o projeto em 3D com narração do texto bíblico ao fundo (não tô conseguindo colocar o video embedded no blog).


Então vamos lá, bora pra descrição do Tabernáculo:

No pátio externo temos o Altar dos Holocaustos, no qual rolavam sacrifícios de cremação de animais, significado original de "holocausto" (vejam só que puta mancada pegarem justo essa palavra para nomear o genocídio cometido pelos nazistas durante a Segunda Guerra). Temos também a Bacia de Bronze pro sacerdote tomar uma ducha básica (ablução) antes de entrar na tenda e assim não morrer :|

 
Não sei porque ainda me espanto, Deus já matou por menos

Na entrada da parte interna temos o Santo Lugar. Fica ali a menorá (candelabro aceso dia e noite), o altar para oferenda de incensos sagrados e a mesa dos pães para a oblação (oferenda tipo a eucaristia) (pra quem é muito noob de igreja, eucaristia = consagração do corpo e do sangue de Cristo durante a missa) (pergunta: pode abrir dois três parênteses na sequência?). A Tenda de Reunião é tipo uma área VIP onde só os sacerdotes podem entrar, desculpa sociedade.

Mas o lugar mais importante do Tabernáculo é o Santo dos Santos. Separado do resto da tenda por um véu chiquérrimo de púrpura violeta e escarlate, carmesim e linho fino retorcido, é ali o cafofo do Senhor, santuário no qual só o sumo-sacerdote pode entrar - e só uma vez ao ano, para realizar rituais no dia da Expiação (Yom Kippur). Pura exclusividade. É ali que se encontra a arca do testemunho (ou arca da aliança), que contém os dez mandamentos e é forjada em ouro e revestida de querubins - criaturas aladas metade homem metade animal, não recém-nascidos loirinhos.

 
Fontes apontam que a arca da aliança foi vista pela última vez derretendo nazistas em algum lugar do Egito

Quando Jesus morre lá no Novo Testamento, o véu que separa o Santo Lugar e o Sagrado dos Sagrados no Templo de Jerusalém se rasga inteiro. Essa passagem da morte de Jesus é lindíssima, chorável, e se você não curte essas coisas no quesito "religião", deveria pelo menos curtir como literatura e mitologia:
"Jesus, porém, tornando a dar um grande grito, rendeu o espírito. Nisso, o véu do santuário se rasgou em duas partes, de cima a baixo, a terra tremeu e as rochas se fenderam" (Mt 27, 50-52)
 Por conta desse trecho e de Hebreus 9, 10-20, os cristãos consideram que o sacrifício de Jesus é o último sacrifício e torna todos os outros obsoletos, como mencionei no post passado. O véu se rasgando também simbolizaria o rompimento da Antiga Aliança, travada entre Yahweh e o povo escolhido no Sinai, e o começo da Nova Aliança, entre Deus e a humanidade como um todo, através de Jesus Cristo, cordeiro de Deus e seu único filho.

Mas voltando ao AT: como o que me une ao Lord é ser obsessiva, monotemática, hiper-focada e cabeça-dura, eu tive as manha de fazer um levantamento das ocorrências de certas palavras ao longo das 19 páginas dedicadas à Tenda de Reunião.

 
They call me anal girl that's not my name

É muito ouro, Inshallah! E eu nem citei outros materiais, tipo diamantes, safiras, esmeraldas e outras nhenhentas pedras preciosas. Essa parte da bíblia me faz entender melhor porque cabrunco Deus é tão associado com isso aqui:



E com isso aqui:

 
Ahazou, papa! Tá diva, tá beyoncé, tá fierce!

Por isso que eu curto Jesus Cristo, que nada tem a ver com esse Deus espalhafatoso do Antigo Testamento. A filosofia de JC é o oposto disso ai e se baseia totalmente na caridade, na pobreza e no underdog. E como ser pouco foda é bobagem, ele ainda lançava uns "Pois onde se reunirem dois ou três em meu nome, ali eu estou no meio deles" (Mt 18, 20). Sem palácio, sem ouro, sem perfumaria. Só dois ou três manos, na humilde. Hell yeah!


Só não confie seu computador na mão dele

-------------------------------------------------------------------------------

Não há provas concretas da existência do tabernáculo de Moisés. Porra, não há provas concretas nem da existências de Moisés. Agora o que a gente sabe é que a descrição do tabernáculo do Êxodo é muito parecida com a descrição do Templo de Salomão - mas também não há provas concretas da existência do Templo de Salomão, ou seja ¯\_(ツ)_/¯


Mas que a bíblia não é exatamente um livro baseado em evidências
a gente já sabia

Mas por que a bíblia gasta tanta página com um tema que, para nós, parece tão acessório? Tão trivial em comparação a "Não matarás", por exemplo?

Bom, podem existir vários motivos. Imagino que alguns deles sejam:

01. Os redatores da bíblia escreveram com mais detalhe sobre o que conheciam, ou seja, eles provavelmente se pautaram na observação direta de algum templo de sua época para descrever o Tabernáculo.


02. Embora eu tenha reclamado ali em cima, o que poderia ser mais essencial para os judeus do que acertar essa parte? O tabernáculo é a morada do Senhor, o local de culto. Mais importante: o tabernáculo é o espaço físico que organiza toda a vida prática, cultural e espiritual da comunidade. É o templo, o local de sacrifício, o tribunal, o hospital, o ponto de encontro, está no centro do acampamento assim como o templo estará no centro da cidade, etc. Construi-lo certinho e, mais importante, passar esse conhecimento para as gerações futuras é sim mais fundamental do que um bando de regras imateriais.

03. Quem escreveu ou recolheu os textos que compõem a bíblia sem dúvida era muito mais próximo dos sacerdotes do que do resto da população judaica. Dessa forma, as regras que interessam mais ao sacerdote, como a organização do templo, ganham mais importância que regras mais gerais, voltadas pro povão.

O que vocês acham? Concordam? Discordam? Tem outras teorias? Acharam o Tabernáculo interessante ou desnecessário? Merece ou não 19 páginas?

Me ignorem nos comentáriso abaixo, beijos.


E é isso, DEU, cansei desse post. CHEGA DE ÊXODO! CHEGA!

Próxima parada: Levítico, o livro mais errado da bíblia, onde Deus condena as gay e, pior, Moisés ainda é o protagonista. Tenho pra mim que Deus espera até o Levíticos pra condenar a homossexualidade porque ele precisava de alguns gays babado fashion pra ajudar no Tabernáculo, ein? Just sayin'


PS - Caso você seja bravo, forte e tenha chegado até aqui, fique sabendo que:


Uma mensagem patrocinada pela Igreja Universal do Reino de Deus

Receba atualizações:

No Facebook

10 comentários:

  1. Resolvi ler a bíblia também e estou quase alcançando... morrendo de preguiça de ler as regras de construção do tabernáculo ;P
    Mas adoro o blog! Continue escrevendo, que é muito legal!

    Quanto aos motivos que você comentou, acho que é bem por aí mesmo, embora seja difícil especular, até porque a gente não sabe que critério eles escolheram para montar a bíblia. Isso se teve critérios, né... porque é muuuuita repetição! No gênesis, todo homem casa e a mulher é estéril, tudo o que deus fala é repetido depois, perdi as contas de quantas vezes ele fala que "multiplicará sua descendência e farei de você uma grande nação"...
    Fora umas coisas totalmente sem coesão, tipo uns desvios de assunto no meio da história. Por exemplo, no Gênesis 35:22, após a morte de Raquel, tem um trecho que fala "e aconteceu que, habitando Israel naquela terra, foi Rúben e se deitou com Bila, concubina de seu pai; e Israel o soube. Eram doze os filhos de Israel". Ponto. E aí começa a falar na descendência de Jacó! WTF?! Eles interrompem a história do nada! O filho foi lá, pegou a amante do pai e... o pai tem 12 filhos, fim da história. Um tempão depois, quando Israel tá pra morrer, é que ele amaldiçoa Rúben. Mas a história é cortada do nada nessa parte.
    é muito louco.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. você tá lendo uma bíblia de estudos, né? com ela já é difícil, sem ela é IMPOSSÍVEL.

      Excluir
  2. CARA PULA AS REGRAS DE CONSTRUÇÃO DO TABERNÁCULO. o mais importante eu escrevi aqui. é uma repetição sem fim de "querubins artisticamente bordados", "púrpura violeta e escarlate, carmesim e linho fino retorcido", tábua de madeira de acácia revestidas de ouro puro, etc. na parte dos sacrifícios deus fica toda hora dizendo que curte carne queimada pq é "um sacrifício de agradável odor para o Senhor". É UM SACO. além disso, a estrutura é assim:

    - deus fala uma coisa da construção

    - corte pruma cena do povo / de moisés

    - moisés conta pro povo o que deus disse

    - depois tá lá: e assim como moisés disse ao povo foi feito: E REPETE TUDO DE NOVO

    ARMADILHA DE SATANÁS, FOGE. ainda não acredito que li essa porra TRÊS VEZES, e fazendo anotações, sublinhando, etc.

    sem contar as partes misteriosas, né? e aquela parte lá do encontro entre jacó e """"deus"""", quando eles lutam E JACÓ VENCE? ~~~estranhíssimo~~~.

    olha, resumir a bíblia não é nada fácil. resumir o levíticos vai ser um pé no saco. não sei pq sofro desse jeito. é muito amor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite meu amigo, ñ entendo tanta dedicação, tanto esforço, sinceramente meu amigo, vc só esta se prejudicando, sabe porque, todo conhecimento é proveitoso para um bem maior, de quem adquiriu e pra quem esse conhecimento adquirido é passado. No seu caso, vc ñ esta sendo beneficiado em nada, e ainda esta contaminando outras pessoas. No que se trata sobre Deus, ou vc acredita ou ñ acredita, a bíblia ñ se resumi só no Pentateuco. Vc só existe porque Deus quis que vc existisse, a própria medicina já assumi a existência de Deus na questão de casos desenganados, Deus te ama incondicionalmente, e acredito que vc ainda terá um encontro real com Deus e a sua palavra.
      Boa noite.

      Excluir
  3. HAHAHAHA!!
    tou lendo uma bíblia que tem um guia de estudos sim :) mas nem estou usando muito, para falar a verdade. dei uma olhada no guia de estudos e é praticamente uma campanha para provar que o sábado é o dia sagrado e não o domingo (é uma bíblia de adventistas do sétimo dia).
    Você é MUITO guerreira! eu vou lendo corrido e só marco algumas coisas quando acho mais absurdo que o absurdo normal, não consigo ler três vezes nem a pau!!
    de fato, é muito amor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ai não, bíblia de estudos adventista não rola. cara, tô impressionada de não existir UMA bíblia de estudos laica? é um absurdo isso!

      eu leio com a bíblia de jerusalém, que foi composta por caras de várias religiões. um amigo meu vai me dar a bíblia de estudos ave maria, só falta eu encontrar ele pra pegar :)

      e como eu disse: eu sou bitolada, cabeça-dura e obsessiva, assim como o Senhor.

      Excluir
  4. Olá jenifferuchka,
    Novamente, parabéns pelo ótimo texto. Assunto massante, porém tratado de forma divertida. Não quero te assustar, mas em Levíticos, Números e Deuteronômio as coisas vão piorar bastante...:/ não vou adiantar nada pra não estragar as "surpresas", mas não desanime, e fique bem atenta aos detalhes, principalmente nas listas, pois elas contêm várias "pérolas". Vc é esperta, vai encontrá-las.

    Por isso já vou adiantar aqui o meu comentário para o seu post sobre o Levíticos: - E ainda tem gente que afirma que a bíblia é um livro científico, que há três mil anos revela coisas que a ciência descobre só agora...(sic)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu já li o levíticos, na real. eu tive a ideia do blog quando tava em NÚMEROS, e dai voltei pro gênesis pra escrever tudo. ou seja: já tô CHORANDO com o trabalhão danado que terei pra resumir o levíticos. sei nem onde começar. sei nem que método. sei nem que estrutura. tô: fudida.

      Excluir
  5. cara, descobri seu blog semana passada e li todos os posts obsessivamente rindo sozinha que nem uma doida a ponto do cachorro me olhar preocupado. enfim, só pra dizer que nunca cristianismo foi tão divertido. tô aprendendo pacas. se nêgo usasse seu blog em vez daqueles vegetais alegrinhos, certeza que seriam bem mais populares. :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. brigada, ju! sempre bom ter leitores que comentam! haha

      Excluir